ORDEM DA VISITAÇÃO DE SANTA MARIA

Vida contemplativa Clausura Papal
 
 
Irmã Maria do Sagrado Coração Bernaud
 

Irmã Maria do Sagrado Coração Bernaud

Maria Ana Constância Bernaud, filha mais velha de uma família de comerciantes profundamente cristã, nasceu em Besançon, França, no dia 28 de outubro de 1825. Aos 4 anos de idade, e durante diversos anos ficou um tanto isolada de seus irmãos e irmãs, por causa de uma doença dos olhos. Com apenas 5 anos de idade entende a chamada divina ao retornar do funeral de uma jovem prima, religiosa falecida aos 28 anos a menina exclama seriamente: “Eu quero ser religiosa”. Mais tarde, a sua tia Bárbara Bernaud a inicia na devoção ao Sagrado Coração de Jesus, pouco conhecida nessa época, e a consagra muitas vezes ao Sagrado Coração de Jesus. Em 20 de abril de 1836 Constância e seu irmão Eduardo receberam a Eucaristia pela primeira vez. Constância diz ao irmão: “Coloquemo-nos de joelhos para pedir a Deus a graça de nunca fazer más comunhões”. Aos 13 anos, Constância entra para o pensionato em Besançon e, ao terminar seus estudos, retorna à família em 1840. Antes de completar 16 anos ela se casa, ficando viúva em 1846. Volta então para sua família. Em 1849 reencontra uma de suas primas que habita em Belley. Ao aproximar-se a festa do Sagrado Coração lhe é oferecida a oportunidade de passar alguns dias de retiro no Mosteiro da Visitação da cidade de Bourg-en-Bresse, e nesse mesmo ano entra como postulante na Visitação de Belley. Em sua Tomada de Hábito recebe o nome de Irmã Maria do Sagrado Coração. No início de 1863, profundamente impressionada pela queixa de Jesus “procurei quem me consolasse e não encontrei”, ela deseja responder e quer “amar e fazê-Lo amar”. Assim surge a idéia de formar uma Associação de pessoas que, revezando-se de hora em hora, façam companhia espiritual ao Coração de Jesus, sem no entanto mudar nada em suas ocupações diárias. Esta obra recebeu o nome de “Guarda de Honra” - atualmente “Hora de Presença” - e se estendeu rapidamente por todo o mundo, sendo em 1864 aprovada pelo Papa Pio IX, que se inscreveu nela. No dia 3 de agosto de 1903, Irmã Maria do Sagrado Coração falece, tendo sido durante toda sua vida um instrumento dócil nas mãos de Deus. http://www.facebook.com/group.php?gid=58839040448

 

 

Rua Dona Inácia Uchoa, 208, Vila Mariana
São Paulo - SP - CEP 04110-020 - Tel: (11) 55793948