ORDEM DA VISITAÇÃO DE SANTA MARIA

Vida contemplativa Clausura Papal
 
 

NASCE UMA NOVA ORDEM

Uma Árvore Frondosa e Fecunda. Conforme intuição do Santo Fundador, São Francisco de Sales, a Ordem se estendeu rapidamente na França e em outros países. Após o falecimento dele, em 1622, a Santa Fundadora, Joana Francisca Frémyot de Chantal, continuou a sua missão à frente do Instituto, com o fervor e a fidelidade que lhe eram próprios. Quando faleceu, em 1641, já existiam 87 Mosteiros.
Uma árvore que frutificou e germinou também em outros campos férteis, além da Visitação, estende em toda a Igreja e no mundo os ramos da Espiritualidade Salesiana: Os Oblatos e as Oblatas de São Francisco de Sales; Os Sacerdotes de São Francisco de Sales; Os Missionários de São Francisco de Sales; As Irmãs da Cruz de Charanod; O Instituto Secular de São Francisco de Sales; As Salesianas Missionárias de Maria Imaculada; Os Salesianos de Dom Bosco; As Salesianas (Filhas de Maria Auxiliadora); Os Cooperadores Salesianos e os Voluntários de Dom Bosco; Os Irmãozinhos de Maria Imaculada e São Francisco de Sales; As Irmãs de São Francisco de Sales.
É uma espiritualidade que cativa cada vez mais pessoas e grupos, na santificação da vida cotidiana, cada um no seu próprio estado de vida, buscando viver a plenitude do amor de Deus. Tesouros do Céu para a Humanidade.
Além da rica espiritualidade recebida do Espírito Santo através dos Santos Fundadores, Francisco de Sales e Joana Francisca Frémiot de Chantal, ao longo destes séculos a Ordem foi recebendo, através de nossas Irmãs, que viveram santamente, algumas revelações divinas, que foram um dom e uma missão para elas, para a Ordem e para toda a Igreja.
Entre elas destacamos: Santa Margarida Maria, que recebeu as revelações do Sagrado Coração de Jesus, com a missão de amá-lo e fazê-lo amado, na Ordem, na Igreja e no mundo; Irmã Maria Margarida Bogner no seu zelo missionário pela salvação das almas; Irmã Maria Marta Chambon com as revelações recebidas de Jesus para venerar e propagar a devoção à sua Santa Paixão, e às suas Santas Chagas; Irmã Maria de Sales Chappuis, que no Caminho do Divino Salvador, toda imbuída do espírito salesiano, recebeu a inspiração divina da fundação de uma Congregação masculina e que tal Fundação seria realizada por Padre Brisson, que na época era o Capelão e Confessor da Comunidade do Mosteiro da Visitação, a quem ela revelou o comunicado divino; Madre Maria Tereza Desandais, apóstola do Amor Misericordioso, recebe a missão de ensinar os homens a conhecer Jesus Cristo e seu Amor Misericordioso; Irmã Ana Madalena Rémuzat na sua humildade e profundidade espiritual recebe a missão de propagar a devoção ao Sagrado Coração de Jesus; Leonia Martin – em religião Irmã Francisca Teresa - (irmã de Santa Teresinha do Menino Jesus), na sua vida de entrega e abandono em Deus, se torna uma vítima do amor misericordioso; Irmã Maria do Sagrado Coração Bernaud funda a “Guarda de Honra”, para amar, honrar e reparar ao Sagrado Coração de Jesus na santificação do dever cotidiano de todos os fiéis. Na perseguição espanhola de 1936, Sete Irmãs Visitandinas são martirizadas defendendo a própria fé e adesão a Cristo.
Estes são alguns dos vários tesouros recebidos durante estes quatro séculos, confirmando tudo o que o Santo Espírito tinha inspirado aos nossos Santos Fundadores, e colocando em nossas mãos a responsabilidade de usar bem desses tesouros de graça para o bem de nossas almas, de nossas Comunidades, da Santa Igreja, da salvação das almas e da humanidade inteira. As Irmãs falecidas em odor de santidade nestes quatro séculos são inúmeras. Além das citadas acima, podemos mencionar: Irmã Joana Carlota de Brechard, Maria Angélica Alvarez Icaza, Benigna Consolata Ferrero e Ana Margarida Clément.

 

 

Rua Dona Inácia Uchoa, 208, Vila Mariana
São Paulo - SP - CEP 04110-020 - Tel: (11) 55793948